Tag Archives: ps

“É difícil distinguir” propostas do PS das do Governo

Quem diz isto não sou eu, é o ministro da Educação do actual governo do PSD, Nuno Crato.

Nós encontramos naquele documento [o relatório “Uma década para Portugal”, encomendado pelo PS e apresentado na passada semana, liderado pelo economista Mário Centeno], no que se refere à Educação, muitas preocupações que são coincidentes com as nossas. Encontramos alguns textos mesmo em que é difícil distinguir aquilo que esse texto diz daquilo que já dissemos em textos anteriores. Isto é altamente positivo. Essa coincidência é altamente positiva e dar-nos-á a possibilidade de discutirmos as propostas concretas, mas essas propostas têm que ser particularizadas para poderem ser discutidas

A pergunta para o prémio máximo (minha tradução da expressão idiomática em inglês, “the million dollar question”) é: – Se nada distingue as respectivas propostas de governação, porque votam os portugueses, alternada e maioritariamente, sempre nestes dois partidos, o PSD e o PS?

Advertisements

A Golpada*

A ler com toda a atenção (incluindo linques e comentários):
.
A história secreta.
Publicado em 25-05-11 por Luis M. Jorge,
no blogue Vida Breve.
.
*Tradução portuguesa do título do filme The Sting. Com a famosa música The Entertainer
.

Antecipação (à espanhola).

Derrocada do PSOE nas eleições regionais e municipais de Espanha

22.05.2011, Nuno Ribeiro, em Madrid (Público)

.

Balanço final do XVII Congresso.

Os marmanjos da xuxa.

.

A urgente libertação da Nação.

S. Miguel Arcanjo - pintura de Guido Reni, 1636São Miguel Arcanjo, protegei-nos no combate, defendei-nos com o vosso escudo contra as armadilhas e ciladas do demónio. Deus o submeta, instantemente o pedimos; e vós, Príncipe da milícia celeste, pelo divino poder, precipitai no inferno a Satanás e aos outros espíritos malignos que andam pelo mundo procurando perder as almas. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Ámen.
Oração a São Miguel Arcanjo da autoria do papa Leão XIII

Porque não é contra os seres humanos que temos de lutar, mas contra os Principados, as Autoridades, os Dominadores deste mundo de trevas, e contra os espíritos do mal que estão nos céus.
Efésios 6, 12

Levanta-se Deus: os seus inimigos dispersam-se e fogem diante dele os que o odeiam. Como se dissipa o fumo, assim eles se dissipam; como a cera se derrete ao fogo, assim desfalecem os ímpios diante de Deus.
Salmo 68, 2-3

(psic)Analisando o masoquismo cor-de-rosa.

PS mobilizado em torno de José Sócrates pede eleições para já
por Luís Claro, Sónia Cerdeira com Liliana Valente, Publicado em 25 de Março de 2011 (jornal i)

A ideia é ir para eleições antecipadas com os militantes galvanizados no apoio a Sócrates. Dentro do partido não tem havido pressões para que surja uma alternativa à liderança do secretário-geral, apesar da demissão do governo. António José Seguro, apontado como putativo sucessor de José Sócrates, seria uma dessas alternativas, mas o PS prefere manter-se fiel ao primeiro-ministro.

Pink Freud

O sacana*, o porcionário e a 3.ª lei de Newton.


“Só queríamos expor a nossa palavra, ter um espaço onde pudéssemos falar, já que ninguém nos ouve, e iríamos sair pacificamente. Ninguém teria de nos expulsar, mas, enquanto estávamos a ser expulsos a empurrões e nos partiam o material, estava o primeiro-ministro a rir-se” …

(Jovens interrompem discurso de Sócrates em Viseu e são expulsos da sala, Publicação: 07-03-2011 22:45 | Última actualização: 08-03-2011 10:29, SIC Notícias)
.
.
.
A diferença entre os jovens que entraram na sala e aqueles que os expulsaram com violência é aquela que existe entre quem tem coragem e quem é agressivo.
.
Finalmente, a prova que pior é sempre possível:
O presidente da Federação de Viseu do PS, João Azevedo, lamentou hoje que um grupo de jovens do movimento Geração à Rasca tenha feito “uma invasão ilegal” de “um espaço de discussão democrática”.

(Presidente da Federação de Viseu lamenta “invasão ilegal” de jovens, Lusa, 08/03/2011, DN Portugal)
*Segundo a definição do dicionário Priberam:
sacana
(origem duvidosa)
adj. 2 gén. s. 2 gén.
1. Infrm. Que ou quem não tem carácter! ou age sem ética.
2. Infrm. Que ou quem age com esperteza ou malandrice. = espertalhão, malandro
3. Infrm. Que ou quem gosta de brincadeiras.

Os profetas do pê ésse dos últimos dias.

PS - Partido Sócrates… Ana Benavente critica “o autoritarismo da actual liderança”. “Tornou-se autocrata, distribuindo lugares e privilégios, ultrapassando até o “centralismo democrático” de Lenine. Alimentando promiscuidades que recuso”…

“O PS hipotecou o seu papel na sociedade portuguesa e deixou-nos sem perspectivas de um futuro melhor. Assumiu o papel que antes pertencia aos centristas do PSD, ocupou o seu espaço e tornou o país mais pobre, política e economicamente.”

(Autoritarismo do PS de Sócrates ultrapassa “centralismo democrático” de Lenine, por Nuno Simas, 07.02.2011, Público)

… O partido vai pagar duramente estes anos de José Sócrates. Os erros são tantos, e de tal maneira graves, que põem em causa a independência nacional. Estamos cada vez mais dependentes do exterior e o PS vai ser penalizado por ter feito muitas asneiras, mas também por não ter feito nada, até à última hora, para as corrigir.

(Henrique Neto. “Seguro deve avançar contra Sócrates”, por Luís Claro, publicado em 08 de Fevereiro de 2011, jornal i)

Os mercados seguram Portugal à beira do precipício da dívida.

Porque uma imagem vale mesmo (pelo menos neste caso) por mil palavras.

Portugal, posição face aos mercados.

Para os que andaram entretidos com a novela BPN/Cavaco e não foram acompanhando as notícias relativas a mais um mau negócio do Estado português, na tentativa desesperada de se financiar sem recorrer ao FMI, ficam aqui os linques para duas (1) (2) notícias que resumem bem todo o desenvolvimento da situação.

An mirandés chama-se a esto ua einorme pouca-bergonha.*

Jobs for the boys


Em Julho, quando Portugal era um paraíso na terra, o Governo colocou nas Estradas de Portugal mais uma administradora: Ana Tomaz (150 mil euros ao ano). “Na véspera da sua nomeação, esta engenheira civil sem qualquer experiência de gestão, era adjunta do secretário de Estado das Obras Públicas”. Há muitos casos assim. É só ler, caro leitor. O meu caso preferido é o de Filipe Baptista, que, depois de ser assessor e secretário de Estado de Sócrates, passou a ganhar 198 mil euros  na ANACOM. Ou seja, José Sócrates colocou um dos seus homens-de-mão numa entidade reguladora, para a qual ele não tinha CV. Este é o melhor retrato do socratismo: a ausência de rigor institucional (colocar um boy numa entidade reguladora é o mesmo que não ter respeito pela regulação e pela separação de poderes), e o favorecimento daqueles que defendem o PS – contra os inimigos do Estado Social, com certeza.

Eis, portanto, a história da Era Sócrates: a sociedade está um caco, a economia do comum dos mortais está uma miséria, mas a economia dos boys do PS está bem e recomenda-se. Não é por acaso que o PS passa a vida a defender o Estado. É que esse Estado, que nos consome os impostos, é a galinha de ovos de ouro dos socialistas, sobretudo daqueles que têm a sorte de ter o número de telemóvel do primeiro-ministro.

(Os boys e os tachos do PS, 14 de Outubro de 2010, Henrique Raposo, A Tempo e a Desmodo/blogue do Expresso)
.
*Em português, também – basta substituir o bê pelo vê em bergonha.