Tag Archives: loucura

Do what you want to do. / Faz aquilo que desejas.

“Dr. John Kitchin quit a medical career to pursue his passion: skating along the boardwalk of San Diego’s Pacific Beach.” Why? Because a 93 years old man told him: Do what you want to do.
I do not use (or like) to share personal experiences in public. However, this time I will open an exception. This was more or less the same thing my best friend told me before she died, too young and full of wish to live. And, the same way it happened to John Kitchin, this sentence ended up changing my life – although (apparently) in a less radical way.

“O neurologista John Kitchin desiste da carreira como médico para seguir a sua paixão: patinar no passeio ao longo da praia Pacific Beach em S. Diego.” Por que razão? Porque um homem de 93 anos de idade lhe disse: Faz aquilo que desejas.
Não costumo (nem gosto) de partilhar experiências pessoais em público. Mas, neste caso, irei abrir uma excepção. Foi mais ou menos esta a frase que me disse a minha melhor amiga antes de morrer, demasiado jovem e cheia de vontade de viver. E, tal como aconteceu a John Kitchin, esta frase acabou por mudar a minha vida – embora de uma forma (aparentemente) menos radical.

Não se enganem. Se algum de vocês pensa que é sábio segundo os padrões desta era, deve tornar-se “louco” para que se torne sábio.
1 Coríntios 3:18 (NVI-PT)

Do not deceive yourselves. If any of you think you are wise by the standards of this age, you should become “fools” so that you may become wise.
1 Corinthians 3:18 (NIV)

‘The Higher They Climb,The Harder They Fall’*

*’Quanto mais alto se sobe, maior é a queda’


… Under such a plan, assuming the EFSF contributes €400bn, the total bail-out resources would be about €2,000bn. Higher leverage, a lower first loss piece of, say, 10 per cent, would increase available funds to €4,000bn. …

The EFSF does not have €440bn. After existing commitments to Greece, Ireland and Portugal, its theoretical resources are at best about €250bn, …
The EFSF must borrow money from the markets, relying on its own CDO-like structure, backed by a cash first loss cushion and guarantees from eurozone countries. …
The ECB, the provider of protected debt, has capital of about €5bn, supporting about €140bn in bonds issued by beleaguered eurozone nations, purchased as part of market operations to reduce their borrowing costs. … While the eurozone central banking system has capital of about €80bn that could be available to support the ECB’s operations, this adds to the incremental leverage under such a plan.

The circular nature of the idea is surreal. Highly leveraged vehicles, in part backed by weakened nations such as Spain and Italy, would undertake the “rescue” of the same countries and their banks. This would be akin to an entity selling insurance against its own default. This would only work if all commitments were fully backed by real cash and savings, which of course nobody actually has.

Super-charged eurozone fund won’t solve crisis (*)
By Satyajit Das, September 28, 2011, Financial Times

(*) Fundo da eurozona sobrealimentado não resolverá a crise – mas aumentará exponencialmente o desastre quando falhar.

(Lyrics/Letra)

Alguém elegeu estes dois marmanjos

para governarem a União Europeia?

 (Philippe Wojazer/Reuters)

Sarkozy e Merkel querem uma taxa Tobin e um novo governo para a zona euro
16.08.2011 – 17:22 Por PÚBLICO

Não é preciso ser profeta para perceber que isto vai acabar mal. Muito mal.

Mania, do grego “μανία”, que significa loucura.

Socras o iluminado“Muitas vezes sinto-me sozinho a puxar pelas energias do país”

.
Mania, (…) é, para a Psiquiatria, o distúrbio mental caracterizado pela mudança exacerbada de humor, com alteração comportamental dirigido, em geral, para uma determinada ideia fixa e (…) se caracteriza por grande agitação, loquacidade, euforia, insónia, perda da senso crítico, grandiosidade, prodigalidade, (…)
.

Megalomania é um transtorno psicológico no qual o doente tem ilusões de grandeza, poder e superioridade. É uma característica do transtorno afectivo bipolar. Também se caracteriza pela obsessão em realizar feitos e actos grandiosos.

A mitomania é a tendência patológica mais ou menos voluntária e consciente para a mentira. Normalmente, as mentiras dos mitomaníacos estão relacionadas a assuntos específicos, porém podem ser ampliadas e atingir outros assuntos em casos considerados mais graves. (…)