Tag Archives: impossível

Lições que a oposição (dita) de direita nunca mais aprende.

Demagogia

Ou, porque é que a proposta de revisão constitucional do PSD, tal como é apresentada, é facilmente aproveitada pela esquerda em seu próprio proveito.

.

(…) Quase por uma lei da natureza humana, parece ser mais fácil aos homens concordarem sobre um programa negativo – o ódio a um inimigo ou a inveja aos que estão em melhor situação – do que sobre qualquer plano positivo. A antítese “nós” e “eles”, a luta comum contra os que se acham fora do grupo, parece um ingrediente essencial a qualquer ideologia capaz de unir solidamente um grupo visando à acção comum. Por essa razão, é sempre utilizada por aqueles que procuram não só o apoio a um programa político mas também a fidelidade irrestrita de grandes massas. Do seu ponto de vista, isso tem a vantagem de lhes conferir mais liberdade de acção do que qualquer programa positivo. (…)

F. A. Hayek, O Caminho da Servidão, cap. 10

Nota para “direitistas” que, mesmo assim, ainda não perceberam: o verdadeiro inimigo do estado social e do povo é o partido que está a destruir os recursos económicos do país, aumentando de forma contínua a despesa pública, blá, blá,… (e, ainda haverá quem precise do desenho acima  para perceber…)

Advertisements

Os novos poderes pedreiros financeiros.

Banco Português de Gestão.

.Sociedades Secretas - DVD

Accionistas principais:

– (grande loja) Fundação Oriente;
CONSELHO DE CURADORES
Prof. Doutor João José Fraústo da Silva
Presidente
Dr. Manuel Carvalho Fernandes
Dr. Francisco Murteira Nabo
Dr. Stanley Ho

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO
Dr. Carlos Augusto Pulido Valente Monjardino
Presidente

– S.T.D.P. – Sociedade Transnacional de Desenvolvimento de Participações (S.G.P.S.), S.A.;
Membros do Conselho de Administração (cf. aqui)
STANLEY HUNG SUN HO – PRESIDENTE

– (grande tríade) Fundação Stanley Ho;

– (este) Carlos A.P.V. Monjardino.

.

Nota 1: Aqueles, espertos ambiciosos, que pensam que o dinheiro é todo igual e que a honestidade, ou a falta dela, na sua origem não conta, verão  daqui a algum tempo como estão enganados.

Nota 2: Como se pode ver, os tubarões originários das zonas tropicais, como o tubarão-tigre (“um predador perigoso, conhecido por se alimentar de um reportório notável de coisas“) e o tubarão-touro (“comem até tubarões da mesma espécie“) são muito mais perigosos dos que os seus congéneres das zonas temperadas, como o tubarão-branco (“diferem muito do que popularmente se lhes chama, máquinas de matar, segundo a lenda urbana“).