Tag Archives: gestão

Diz-me que líder segues, dir-te-ei quem és.

Tell me the leader you follow and I’ll tell you who you are.

 Certificate of Accomplishment - International Leadership & Organizational Behavior, Bocconi, April 2013

“Um homem com um ideal tem um barco no coração e uma bússola na cabeça. Por isso não há tempestade que o afunde ou o tire do rumo certo.”  (Autor desconhecido)

“A man with a dream has a boat in the heart and a compass in the head. So, there’s no storm that can sink him or takes him out of the right course.” (Author unknown)

Gestão autárquica à portuguesa.

A Câmara Municipal de Óbidos dá ufana notícia de que prevê gastar apenas 400 euros na iluminação de Natal da vila (este ano, pressupõe-se) em vez de 3500 euros, por ter substituído todas as lâmpadas convencionais por lâmpadas LED.

Para produzir esta poupança de aproximadamente 3 mil euros a dita autarquia gastou – “investiu”, diz a notícia – 100 mil euros na aquisição das tais lâmpadas LED.

Fazendo uma conta muito simples, 1.º) pressupondo constante e igual a 3 mil euros o valor anual da poupança em consumo energético e, 2.º) não contando com prováveis juros a pagar pelos 100 mil euros gastos na compra, pode concluir-se que o “investimento” levará apenas(!) 34 anos a amortizar.

Se você ainda se questionava quanto à origem dos incomensuráveis gastos públicos neste país… bem, é só multiplicar este exemplo de “investimento” pelo número total de entidades do Estado existentes (do poder local e do central) e ficará com uma ideia do montante da conta (que lhe vão cobrar em impostos).

A notícia é omissa quanto ao valor que o município gastou no aluguer de de uma pista de gelo da classe A e de quanto irá gastar em todas aquelas tretas, perdão, acções ecológicamente correctas anunciadas, porque isso não tem obviamente importância nenhuma em face do valor da “preocupação ecológica” da empresa organizadora do certame.

Nota: A imagem que ilustra este postal é picada de uma outra notícia do mesmo jornal que divulga uma outra iniciativa cultural de grande valia mas incomparavelmente menos dispendiosa – um exemplo de que ainda é possível fazer coisas muito interessantes com pouca despesa.

O meu contributo para o desafio Outdoors freelance*.(2)

Gestão - Incompetente

.

*“Concurso de ideias” no blogue Delito de Opinião.
.
Autoria e proveniência da imagem usada:
A fotografia é da autoria de José Goulão e o respectivo ficheiro foi baixado do Wikimedia Commons, um acervo de conteúdo livre da Wikimedia Foundation que pode ser utilizado por outros projectos.