Tag Archives: energia

Deus, o bosão de Higgs e a importância das sombras.

Andam entusiasmadíssimos os cientistas, paracientistas e pseudocientistas; os jornalistas, escreventes, locutores, comentadores e paineleiros; os divulgadores, divagadores e outros basbaques porque terá sido encontrada (parece-lhes, dizem os mais prudentes)* uma «pegada» e uma «sombra» daquela que é considerada a mais elementar das partículas atómicas constitutivas do universoo bosão de Higgs ou partícula de Higgs [que] é uma partícula elementar hipotética, um bosão, o quantum do campo de Higgs. O campo e a partícula propiciam uma hipótese testável para a origem da massa nas partículas elementares. … o bosão de Higgs é também chamado a partícula de Deus …**

E do gravitão? Nem sombra dele, não é verdade?

Verdadeiramente espantoso é, no entanto, nunca eu ter topado alguém do grupo de pessoas acima descritas minimamente entusiasmado com outras sombras muito mais visíveis e efectivas, testemunhadas e descritas vai para 2 mil anos – … Formou-se, então, uma nuvem que os cobriu com a sua sombra, e da nuvem fez-se ouvir uma voz: «Este é o meu Filho muito amado. Escutai-o.» … ou … traziam os doentes para as ruas e colocavam-nos em enxergas e catres, a fim de que, à passagem de Pedro, ao menos a sua sombra cobrisse alguns deles. … e todos eram curados. …

Como diz Abner Shimony, a ciência contemporânea é uma espécie de «metafísica experimental», mas há que constatar infelizmente que, no século XX, «a metafísica se tornou incompreensível».

*Após 48 anos e um número incontável de dinheiro gasto.
**Apesar de existir uma página da Wikipedia em português/brasileiro sobre o bosão de Higgs, o texto é tão mau que optei por traduzir um excerto da versão inglesa (os sublinhados são meus).

EDP – O abuso sobre o consumidor cumpridor!

A ERSE – Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos pretende aprovar em regulamento a obrigação dos clientes cumpridores pagarem as dívidas dos incumpridores.

.

Capitalismo

 

“… Até porque, considerou Jorge Morgado, à luz do princípio de que são os consumidores que pagam tudo, “é provável” que os custos dos incobráveis já estejam a ser pagos pelos clientes de forma “encapotada”. …” (Jornal de Negócios, Proposta de transferir incobráveis da electricidade para todos os clientes divide associações de consumidores, JN/Lusa, 06 Julho 2008)

 

Lucros edp 07

 

Dado que esta proposta se encontra em consulta pública, mas só até amanhã, 7 de Julho de 2008, não deixe de manifestar-se contra esta medida enviando um e-mail a expressar a sua discordância, conforme se encontra explicado aqui (A EDP ao ataque, no blogue A Imagem da Paisagem) ou aqui (EDP – Consulta Pública, no blogue CC&Cª).