Tag Archives: eléctricos

Governo, mentiras e autocarros eléctricos.

Há pouco topei a seguinte notícia, vinda, com certeza, directamente da central noticiosa do governo:

A saída do primeiro autocarro eléctrico nacional 100 por cento eléctrico da fábrica da CaetanoBus, empresa da Salvador Caetano, cerimónia que contará com a presença do primeiro-ministro, José Sócrates, …
(Primeiro autocarro eléctrico português em testes, 2011-02-22, Agência Financeira)

Então e estes? São a vapor, não?

Autocarro eléctrico de Coimbra.

Em Coimbra circulam actualmente dezasseis (16) autocarros 100 por cento eléctricos fabricados em Portugal entre 1982 e 1986 pelas empresas Salvador Caetano e Efacec.

A mentirosa bajoujice do governo acolitada pela sandia ignorância de quem escreve a notícia. Sinceramente, não há mais paciência para suportar mentirosos e ignorantes. Há milhares de portugueses honestos e competentes desempregados ou mal empregados. Eles só precisam de compreender isso e a força do seu número. É na rua que estes porão na rua aqueles, ao contrário do que afirma com pesporrência esta pseudo-autoridade.

Ambientalismo (so)cretino: sem fazer contas, sem prever consequências.

Lixo electrónicoA meta oficial do Governo é ter 750 mil carros eléctricos a circular em Portugal até 2020. …
(Decreto-lei para a mobilidade eléctrica publicado em Abril, Água & Ambiente, 1 de Abril, 2010)

Tomando este número (750 mil) como base e juntando um quanto de informação complementar, é possível fazer alguns cálculos estimativos da quantidade de lixo tóxico que virá a ser gerado por estes carros, propagandeados como “não poluentes”.

As baterias que equipam os veículos eléctricos mais recentes são de iões de lítio:

1. O tempo de vida útil destas baterias pode calcular-se facilmente a partir do número de ciclos carga/descarga que permitem, que é entre 300 e 1000. Admita-se que a produção destas baterias virá a ser de grande qualidade e que a maior parte delas (80%) terá uma vida útil de 800 ciclos carga/descarga (80%). Num veículo com utilização diária, isto significa que, em média, as baterias terão que ser substituídas a cada 2 anos e 2 meses.

2. O volume de uma das mais pequenas destas baterias – ou melhor, conjuntos de módulos de células de baterias (pack, em inglês) -, a do Mitsubishi i MiEV, é de, aproximadamente, 75 decímetros cúbicos, que correspondem a uma caixa com as seguintes dimensões em centímetros: 80x80x12.

3. O peso de um destes conjuntos, ou packs, é de 150 quilogramas.

4. Cálculos feitos, as 750 mil baterias que o governo quer que existam em 2020 correspondem a um volume de mais de 56 mil metros cúbicos, pesando 112 mil toneladas, de lixo altamente tóxico, a cada 2 anos. Isto é, 28 mil metros cúbicos/56 mil toneladas por ano.
Não é preciso ser engenheiro (daqueles a sério), para perceber a enormidade da agressão ambiental que isto representa.

Leitura complementar: Porque não adiro à moda dos carros eléctricos.

6º e último par de patins é para…

o sr. José Sócrates Pinto de Sousa. Acabou, finalmente.

.

Dada a preferência do sr. presidente do conselho pelos veículos eléctricos, a equipa aqui do Jardim reservou para v.ex.a este parzinho de patins movidos a electricidade. Segundo o fabricante, podem atingir 15 milhas/hora – aproximadamente 25 quilómetro/hora – o que permitirá uma saída rápida. Fica-nos a preocupação que v.ex.a possa encontrar o chãozinho molhado…

.

ishoes - electric roller skates

.

O deputado do PSD Pacheco Pereira anunciou, esta terça-feira, que, após consultar os resumos das escutas enviadas pela comarca do Baixo Vouga, vai chamar novamente Paulo Penedos à comissão de inquérito.

Pacheco Pereira não citou os resumos das escutas, por estes serem confidenciais, mas garantiu que o seu conteúdo é «pura e simplesmente avassalador» e que o negócio «era do conhecimento do primeiro-ministro».
«Fazem a descrição detalhada de um negócio de características anómalas e conduzido politicamente para alterar a linha editorial da TVI»
, resumiu. …

(PT/TVI: «Conteúdo das escutas é avassalador», 18-05-2010, Portugal Diário)

A mesma notícia noutros jornais:
Pacheco Pereira: resumos das escutas enviados pelo Procurador de Aveiro “são avassaladores”
por Adriano Nobre, Publicado em 18 de Maio de 2010, jornal i
Pacheco Pereira diz que o que consta nas escutas é “avassalador”
Publicado 18 Maio 2010, Filipe Pacheco, Jornal de Negócios

Recorde-se toda a saga do prémio “pares de patins para governantes em queda”:
O 5º par de patins 2008 vai para…
O 4º par de patins 2008 vai para…
O 3º par de patins 2008 vai para…
O 2º par de patins 2008 vai para…
Os 1ºs pares de patins 2008 vão para…

Boas notícias: A economia mundial não está refém do petróleo…

… e os portugueses têm excelentes alternativas às limitadas visões de futuro do licenciado em engenharia Sócrates.

Diz o provérbio popular que a necessidade é mestra de engenho. Nesta época de crise mundial do sector energético, em especial dos vectores mais dependentes do petróleo, os poderes económicos começam a dar atenção a novas formas de produção energética. São tempos de expectativa, de procura e avaliação de alternativas, de fervente criatividade para todos… excepto para os espertos. Esses já escolheram, tomaram a decisão antes sequer de ver outras alternativas e sem olharem o rumo dos acontecimentos.

Felizmente, o conhecimento e a informação são cada vez mais globais e as espertezas são imediatamente desmascaradas por estudos, projectos, inventos e patentes – coisas de engenheiros mesmo.

 

 

Outros vídeos interessantes sobre o assunto:

http://br.youtube.com/watch?v=6_41btVawMc&feature=related

http://br.youtube.com/watch?v=YEvAOe2BBNQ&feature=related

Sítios e artigos sobre motores magnéticos:

http://peswiki.com/index.php/Directory:Magnet_Motors

http://www.rexresearch.com/minato/minato.htm

http://www.perendev-power.com/products.htm