Category Archives: Não classificado

O farisaísmo domina a igreja de Cristo.

Como diz Terêncio, sou humano, nada do que é humano me é estranho. Para o provar, (como se tal fosse necessário…) deu-me recentemente um ataque de estupidez que me levou a confiar em ministros, os actuais dignos sucessores dos seus antecessores. Gente hipócrita, juiz permanente do outro, pessoas que se dizem servas de Jesus Cristo mas  se regem por “princípios”, “leis”, “doutrinas”, “cánones”, “preceitos”, “tradições”, “rituais”, e “certezas” (dogmas) dos “clubes” (a que chamam igrejas ou denominações) de que são “membros” privilegiados (pois claro), e que se acusam mutuamente de sectarismo, apostasia e heresia.

Uma gente que não reconheceria o próprio Jesus Cristo se Ele entrasse agora pelas suas portas. E que, se isso viesse a acontecer, maquinaria uma forma de se ver definitivamente livre d’Ele, como fizeram os seus antecessores há 2000 anos atrás.

Tudo entregarei (I surrender all).

Jesus disse, então, aos discípulos: «Se alguém quiser vir comigo, renuncie a si mesmo, tome a sua cruz e siga-me. Quem quiser salvar a sua vida, vai perdê-la; mas, quem perder a sua vida por minha causa, há-de encontrá-la. Que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro, se perder a sua vida? Ou que poderá dar o homem em troca da sua vida?
Mateus 16: 24-26

English/Español version.

Olhando em volta, Jesus disse aos discípulos: «Quão difícil é entrarem no Reino de Deus os que têm riquezas!»
Marcos 10: 23

Bible passages in English (clik to go and read): Matthew 23: 24-26, Marc 10: 23

Be strong and of good courage.

Sê forte e corajoso.

Be not afraid, stand firm in the Faith
Não tenhas medo, sê firme na Fé
For the Lord will be with us whereever we go.
Porque o Senhor estará connosco onde quer que vamos.


Porque não adiro à moda dos carros eléctricos

Carros electricos de feirae dos automatismos domésticos.

.

Num dia do princípio desta semana acordei e, sobressaltado, verifiquei que o despertador digital eléctrico estava surdo e apagado. Concluí que a electricidade estava a faltar-me em casa havia muito, pois o aparelho tem um acumulador que lhe permite continuar ligado durante algum tempo em caso de falha de corrente na tomada.
Às apalpadelas, lá procurei o relógio de pulso em cima da mesinha de cabeceira e verifiquei, aliviado, que o meu despertador biológico interno estava bem regulado e me tinha acordado a horas.
Levantei-me às escuras, pois os estores eléctricos das janelas não funcionam sem… electricidade. Verifiquei, como já calculava, que se quisesse tomar banho teria que usar água fria, pois o sistema solar-eléctrico de aquecimento não tinha funcionado durante toda a noite.
Concluídas as frias abluções matinais, dirigi-me à cozinha e verifiquei que a máquina de café automática – eléctrica, pois claro – não tinha produzido a confortante bebida. Tomar o pequeno almoço frio, em resultando do não funcionamento do fogão eléctrico, acabou-me com qualquer réstea de boa disposição.
Antes de sair de casa tentei ligar para o serviço de comunicação de avarias da EDP, mas o telefone também é daqueles sem fios que têm uma base que precisa de corrente eléctrica para funcionar.
Saí, para confirmar que o carro eléctrico não tinha carregado as baterias durante a noite e ia ter que chamar um táxi para chegar ao trabalho a horas.

Ná! Estava a brincar. As únicas descrições verdadeiras são as respeitantes ao despertador e ao telefone.
Os elevadores dos estores são manuais, o aquecimento da água do banho é feito por um esquentador a gás propano a partir de depósito próprio, não tenho máquina de café automática, o fogão é misto, eléctrico e a gás, e o carro tem um motor de combustão interna, autónomo, e o depósito (quase) sempre com bastante combustível.

Penso que seria fastidioso contar-vos aqui as dificuldades que tive para obter a assistência da EDP, pois a maior parte dos que me lêem já saberão (infelizmente) como tal se processa. Quero apenas referir que (ao contrário do que possam estar a pensar) fiquei muito satisfeito pela ocorrência, a qual tomei como um sério aviso, uma boa lição. Mais dependências do abastecimento de electricidade no país do monopólio EDP… não, muito obrigado!

A desvergonha personificada:

– Uma tragicomédia em acto único.

.

Máscaras gregas teatrais

Entra em cena o grande líder e diz de modo melífluo:

“Os portugueses sabem que o PS e a maioria PS nunca abusou do poder que tinha”1

O povo responde em coro:

“Vimos vir uns dez ou 12. Disseram que os queijos tinham de ser presos, que os levavam para os destruir. Enervei-me de tal maneira que os desfiz eu, no chão. Desfiz 26 no valor de 150 a 200 euros. …”2

Ouve-se, vinda de fora de cena, a voz de um mecenas:

“as competências atribuídas de autoridade e órgão de polícia criminal à ASAE foram de pura iniciativa governamental, não mencionando a autorização legislativa parlamentar, quando a atribuição do seu estatuto e poderes é uma reserva da competência da Assembleia da República, que não foi respeitada”3

Volta a falar o grande líder, agora de forma insidiosa:

“Isso é um abuso, é não respeitar a democracia. A nossa legitimidade está intocável”1

Ouve-se uma voz singular saída do coro-povo:

“… Que venha o senhor ministro fazer queijos um mês e me dê o salário dele. Levaram-me 13 queijos, quero ver agora quem paga as minhas contas”2

De novo o grande líder, sibilinamente:

“Distingue-me do PSD, fundamentalmente, um ponto: as funções sociais do Estado”

“Estou muito satisfeito comigo (…) Mas não quero ser juiz em causa própria, vamos deixar esse julgamento para os portugueses”1

Vamos, pois!

(o) PS: virá a descobrir que este grande líder e o improvável grupo de sequazes que o acompanha são uma nódoa que levará anos a sair; vai ser pior, muito pior, do que a nódoa provocada pelo cherne escapista.

—-

1José Sócrates quer “coligação com o país”, 2009-06-17, Jornal de Notícias.

2Acção da ASAE em Mirandela deixa comerciantes de queijo indignados, 2009-06-05, Diário de Trás-os-Montes.

3Empresário avança com acção contra a ASAE, 2008-11-16, Jornal de Notícias.

Vox Populi

A voz do povo, a voz ao povo:

25.04.2009 – 11h37 – RT, Lisboa

À porta das escolas, não há polícias. Nas ruas não se vê nenhum. A criminalidade campeia. Mas quando há manifestações, sobretudo se forem a favor do 25 de Abril, logo verão que há polícias e muitos. Onde estava a polícia quando houve o esfaqueamentro na escola do Cacém, esta semana? Nem vivalma dela. Mas para punir 3 (bons) alunos de Penacova por Desobediência Civil no âmbito de um protesto contra o Estatuto do Aluno a GNR apareceu para mostrar que existe. Que é capaz de deter 3 quem sabe se futuros “perigosos comunistas ou aparentados” e há que pô-los na ordem já. Quando são pequeninos! Isto é vergonhoso e está a passar das marcas e o 25 de Abril não merecia isto. Hoje faz anos o 25 de Abril e mais do que nunca Portugal precisa de Abril, de virar de novo a página do país. Este regrediu demasiado em direcção ao 24 de Abril e isto está a tornar-se intolerável: miséria, criminalidade, individualismo cunhas, medo, tudo para o rico e nada para o pobre, corrupção, etc.., etc…. Chega!

 

25.04.2009 – 11h25 – Resistindo à ditadura maçónica, Poor Tugal

Olhá Ditadura!!!… Na Noruega ou na Dinamarca, os deputados vão de bicicleta para o trabalho, os ministros andam de táxi. Por cá, têm que ser escoltados pela GNR!

 

25.04.2009 – 11h24 – Paulo Santos, Fundão

Hehehe! Estes senhores do poder actual estão com medo de que o povo faça agora um novo 25 de Abril e tomam precauções para não deixar! Hehehe! É muito engraçado isto! Mas o povo gostaria de fazer agora um novo 25 de Abril para correr com essa corja toda, a do poder actual, daqui para fora! Corja essa, a actual, que o povo já percebeu que é muito pior do que a que foi corrida em 1974!

 

25.04.2009 – 11h20 – joaquim horácio serra leitao, coimbra

ou será que isto é mais um passo na escalada para uma ditadura que se aproxima a passos largos? e já agora com que base legal é que não se pode ser anarquista em portugal? Recordo que também era em nome da lei e da ordem que a psp e gnr actuavam antes do 25 de Abril, atribuindo as lutas a “agitadores profissionais a soldo de moscovo” como agora já não há moscovo, a polícia aperta a vigilância a grupos radicais pois. e assim o pessoal começa a ficar em casa, com medo da repressão e dos distúrbios, com os quais não concordo, mas devo recordar que muitas vezes são causados por proibições infundadas além de estarem por detrás provocadores interessados em lançar a confusão e levar as pessoas a gritar por ordem. foi também isso que levou ao fascismo já que aconteceu o mesmo na república.estas notícias vêm mesmo a calhar para fazer com que muitas pessoas tenham receio de se manifestarem. Tantos anos a comemorar-se o 25 de abril e só de há pouco é que se começa a falar em aumento de vigilância, distúrbios etc.não é ingénuo e não é para defender as liberdades conquistadas em 25 de Abril que têm vindo a ser subrepticiamente retiradas. e os radicais de direita não precisam de ser vigiados?

 

25.04.2009 – 11h15 – Atento, Lisboa

Eles, lá sabem o porquê !! Se dessem ao POVO, o que a maioiria dos que viveram o 25 de Abril esperavam, eles agora não andavam tão preocupados com os distúrbios , pois HOJE DEVERIA SER UM DIA FESTA e não um dia de violência, mas o POVO foi enganado e continua a ser, infelizmente.(ou cada POVO tem o GOVERNO que merece!!), talvez!!

 

Estes são alguns dos comentários (públicos) à seguinte notícia (do Público):

Polícia reforça vigilância por receio de distúrbios nas comemorações do 25 de Abril

25.04.2009 – 10h32 PÚBLICO

vigilancia 25 abril 2009

Getsemani

The agony in the garden – A agonia no jardim.

.


Oração de Jesus em Getsémani (Mc 14,32-42; Lc 22,39-46; Jo 18,1-2) – 36Entretanto, Jesus com os seus discípulos chegou a um lugar chamado Getsémani e disse-lhes: «Sentai-vos aqui, enquanto Eu vou além orar.» 37E, levando consigo Pedro e os dois filhos de Zebedeu, começou a entristecer-se e a angustiar-se. 38Disse-lhes, então: «A minha alma está numa tristeza de morte; ficai aqui e vigiai comigo.»

39E, adiantando-se um pouco mais, caiu com a face por terra, orando e dizendo: «Meu Pai, se é possível, afaste-se de mim este cálice. No entanto, não seja como Eu quero, mas como Tu queres.»

40Voltando para junto dos discípulos, encontrou-os a dormir e disse a Pedro: «Nem sequer pudeste vigiar uma hora comigo! 41Vigiai e orai, para não cairdes em tentação. O espírito está pronto, mas a carne é débil.» 42Afastou-se, pela segunda vez, e foi orar, dizendo: «Meu Pai, se este cálice não pode passar sem que Eu o beba, faça-se a tua vontade!» 43Depois voltou e encontrou-os novamente a dormir, pois os seus olhos estavam pesados.

44Deixou-os e foi orar de novo pela terceira vez, repetindo as mesmas palavras. 45Reunindo-se finalmente aos discípulos, disse-lhes: «Continuai a dormir e a descansar! Já se aproxima a hora, e o Filho do Homem vai ser entregue nas mãos dos pecadores. 46Levantai-vos, vamos! Já se aproxima aquele que me vai entregar.» (Mateus 26)

Que mais havemos de dizer?

Se Deus está por nós, quem pode estar contra nós?

(Romanos 8, 31)

Anteontem (30 de Março), alguém atacou cobardemente o computador do autor deste blogue, tentando destruir a partição de arranque do disco rígido principal. Terão sido as tais “forças ocultas” que andam aí a orquestrar as “campanhas negras” contra o honesto José Sousa, agora conhecido como Sócrates?

Darth Vader

A única certeza, até agora, é que foi usada no ataque a cache do navegador Opera – facto já comunicado a quem desenvolve este software. Os criminosos não conseguiram mais do que causar um bloqueio temporário do arranque do sistema Windows, o que num computador com duplo arranque (dual-boot) é facilmente ultrapassado. O arranque do Windows ficou resolvido em menos de uma hora, sem qualquer perda no sistema ou nos dados. As “forças ocultas”, que pelos vistos não primam pela inteligência, deveriam saber que este computador está muito bem protegido.

Second coming of Jesus

O que tem consumido mais tempo, afectando irremediavelmente a publicação regular deste blogue, é a determinação da forma e, especialmente, da origem do ataque. Depois, logo se verá o que fazer.

Tudo o que é fácil já está inventado?

Existirão diferenças no esforço e no saber criativo?

Desirable Design

.

Poderá isto ser um plágio?

Double Security Systems

.

E este? Tenho a certeza de já ter visto um parecido em algum lugar… mas acho que não era desta cor… ai, esta sensação de dejà vu!

Democracia Directa

Nasceu um novo blogue.

A democracia directa do ponto de vista de um cristão.

 

Demcracia Directa - Visão Cristã

clique na imagem para o visitar