Category Archives: ILUSTRAÇÕES

Um exemplo de possessão.

Muita gente não cristã põe em causa – ou sente-se incomodada com – as menções bíblicas a estados de possessão de pessoas por espíritos imundos ou demónios. Dentre essa gente, muitos leram – ou viram filmes como – o Exorcista e acreditam, erradamente, que qualquer estado de possessão deve assemelhar-se aos aí descritos/mostrados. É extremamente difícil fazer entender a quem assim pensa e acredita que a maior parte das possessões não atingem, felizmente, nem se aproximam sequer de, tais paroxismos.

Mas, basta um exemplo para tornar claro a muitos que uma pessoa pode estar possuída sem ter nenhuma daquelas manifestações exageradas – até ao momento em que…

«Estraguei a minha vida e tirei-lhe a vida por 40 euros»
tvi 24, 12- 4- 2012

Nota: Reparem no relativismo do arrependimento do indivíduo descrito na notícia – não está inconsolável por ter tirado a vida ao seu semelhante mas por tê-lo feito por tão baixo preço e à vista de todos.

Advertisements

À consideração dos que acham que não vale a pena lutar por direitos laborais.


Durante oito horas por dia, Sagira faz “bidis” – cigarros castanhos finos que são tão importantes para a vida dos indianos como o chá e os pães espalmados.
Ela tem 11 anos de idade.
Sagira é uma das muitas centenas de milhar de crianças labutando nos cantos esconsos da India rural. …

Sob a lei indiana isto é legal.

… 75 rupias (1 dólar e meio) por cada 1000 “bidis” enrolados,…

Tradução rápida de breves excertos deste artigo de imprensa. Pode ver mais imagens documentais desta notícia clicando na foto em baixo.

Poderá o pastel de nata enfrentar a bola de berlim na Economia global?

O Antero costuma ter graça, mas desta vez excedeu-se*.

Uma pergunta pertinente que não pode deixar de fazer-se ao sr. ministro do pastel, perdão, da economia: O pastel de bacalhau não produziria uma afirmação mais genuína e emblemática da “marca Portugal” (using your own words)?

* A si mesmo, claro. Cuidado Antero, que isso é capaz de estar sujeito a algum imposto especial.

A semana do merceeiro e dos trolhas.

Durante toda a semana só se ouviu falar em toda a comunicação social de um tal Jerónimo, a quem toda a gente afinal chama Alexandre, e de uns tais pedreiros (supostamente livres, mas não se sabe de quê) que todos designam pela tradução francesa da palavra – maçons.(1)

Face a tais equívocos, a equipa unitária do Jardim no Deserto decidiu emprender uma missão populista de esclarecimento das massas nacionais sobre a verdadeira identidade dos aludidos personagens, desmistificando os mistos e desenleando as lêndeas.

1. O Geronimo (à portuguesa Jerónimo) foi um chefe índio famoso por ter-se recusado a aceitar ser roubado na sua própria terra natal.

2. Os últimos pedreiros livres do mundo foram os Flintstones (à portuguesa Pedregulhos),  mas eles são apenas figuras de ficção e nunca existiram na realidade.

(1) – Estão de parabéns os spin doctors ao serviço do steps rabbit.

Nota: Este postal serve para mostrar ao meu amigo Jorge que, tal como eu lhe disse, este blogue deveria ter sido incluído na categoria Humor do Concurso Blogs do Ano 2011, lançado pelo Aventar, e não na categoria Diários de Bordo em que ele teve a ambilidade de o inscrever. 😆

A história do politicamente correcto (seguida de 1 exemplo actual).

Exemplo, em 2 notícias apenas:

BE quer procriação medicamente assistida também para mulheres sozinhas
22.12.2011 – 18:39 Por Catarina Gomes

… “uma mulher sozinha, seja qual for a sua orientação sexual, ou uma mulher casada com outra mulher, sejam férteis ou inférteis, devem poder concretizar o desejo de ser mães sem que para isso sejam obrigadas a uma relação que contraria a sua identidade”.
… , o BE quer ainda que seja autorizado recurso à maternidade de substituição, que agora é ilegal, desde que seja de forma gratuita.

Epilépticos terão de ir a juntas médicas para manterem isenção nas taxas moderadoras
28.12.2011 – 08:40 Por Alexandra Campos

O novo regime de taxas moderadoras vai “burocratizar muito” os pedidos de isenção para os doentes com formas graves de epilepsia, obrigando-os a requerer uma junta médica para a avaliação da sua incapacidade, …
…, quando têm crises no meio da rua, quase são obrigados a ir às urgências pelas pessoas que os socorrem. Vão ter que pagar taxas moderadoras? Isto é um bocado perverso” …

O que impede Portugal de sair da crise económica? (4)

A importância da estabilidade.

A Economia é a base da sociedade. Quando a Economia é estável a sociedade progride. A Economia ideal  combina o espiritual e o material, e as melhores mercadorias para negociar são a sinceridade e a amizade.
Ueshiba Morihei, A Arte da Paz (da tradução inglesa por John Stevens)

Previsões do tempo (de crise) para o Sul da União.

E alguns esclarecimentos breves sobre cartas meteorológicas.
(clique nas imagens para ver)

A tempestade tende agora a afastar-se da Grécia e a intensificar-se sobre a Itália.

Itália: Desemprego dispara para os 8,3%
31 de outubro de 2011, Expresso (Economia)

Brevemente estará, forte, sobre a Espanha.

Geopotencial

Desemprego em Espanha atinge 4,36 milhões
3 de novembro de 2011, Expresso (Economia)

E, em seguida, virá a posicionar-se sobre Portugal. Inevitavelmente.

Desemprego jovem atinge os 27,1% da população
Portugal entre os piores
01 Novembro 2011, Correio da Manhã

O sr. Coelho, a D. Grécia, a moeda (única): queda ou esmagamento?

… “Não posso fazer mais do que esta manifestação de confiança em que a Comissão Europeia, o Fundo Monetário Internacional, o Banco Central Europeu e o próprio governo grego possam encontrar mecanismos que retirem esta incerteza e instabilidade do nosso horizonte” …

O primeiro-ministro manteve ontem que “o que Portugal pode fazer de melhor é concentrar-se no trabalho que sabe que tem de realizar de forma que as pessoas percebam que, aconteça o que acontecer lá fora, Portugal está a cumprir o seu programa com sucesso”. …

“Angústia” sobre crise do euro leva governo a admitir “complicações”
por Bruno Faria Lopes, Publicado em 14 de Setembro de 2011 (jornal i)

Nota: Repare-se, contudo, na diferença em subtileza e inteligência entre o discurso deste e o do anterior.

Dextra sinistra.

Sem tempo para esmiuçar em texto este novo plano de aumentos de impostos do novel ministro dos impostos português – o que só espero poder fazer logo ao final do dia -, deixo aqui mais uma pequenina imagem de síntese que expressa bem (pelo que tenho ouvido) o sentimento geral dos portugueses quanto ao assunto:

Nota: Imagem recebida por e-mail datado de 4-02-2011 sem qualquer referência de autoria.

Opinião sobre o governo PSD – síntese.

Passados 70 dias apenas após a sua tomada de posse, a opinião geral sobre este novo governo é, sinteticamente, a seguinte:

clique na imagem para ver maior

Caramba! Deve ser um novo recorde…