Monthly Archives: June 2012

O resgate financeiro à banca explicado às crianças

Sem tempo para grandes escritas fica aqui explicado às criancinhas com música, digo, com recurso a meios audiovisuais, o sistema de resgate financeiro aos bancos em Portugal, Espanha, Chipre, Itália e pela Europa em geral.

Advertisements

God I look to You.


You’re where my help comes from;
Give me wisdom, You know just what to do.

I lift up my eyes to the mountains—where does my help come from?
My help comes from the Lord, the Maker of heaven and earth.
Psalm 121: 1-2 (NIV)

Se algum de vós tem falta de sabedoria, que a peça a Deus, que a todos dá generosamente e sem recriminações, e ser-lhe-á dada. Mas peça-a com fé e sem hesitar, porque aquele que hesita assemelha-se às ondas do mar sacudidas e agitadas pelo vento.
Tiago 1: 5-6

Manter-se no euro é manter-se no erro para países como a Grécia e Portugal.

Seguido o conselho de Morleya wise suspense in forming opinions, a wise reserve  in expressing them and a wise tardiness in realizing them –  a redacção/publicação deste artigo foi sendo adiada até ao limite do possível.

Acreditava que viria entretanto algum homem de visão, algum economista não comprometido com o poder, denunciar o verdadeiro acto de masoquismo que é para os países como a Grécia e Portugal manterem-se na moeda única. Senhores! Passados 11 e 13 anos das respectivas entradas na dita união económica e monetária, após milhões e milhões de euros enterrados em betão de estádios e parques imobiliários, em betuminoso de autoestradas, estradas e rotundas, e em moínhos de vento*, o único sector onde estes dois pequenos países continuam a ter uma extensa oferta procurada/apreciada é o do turismo –  na sua variante sol-mar (mais as gastronomias correspondentes). O problema é que, espartilhados pelo elevado valor da moeda única, esta oferta deixou de ser concorrencial – agora,  até os gregos e os portugueses optam por comprar férias mais baratas em destinos mais exóticos.

Parece-vos exagerado o que afirmo? Então façam como eu, leiam gente que deve saber mais, ou melhor, tem obrigação de saber muito mais. Como, por exemplo, o presidente do grupo dos Conservadores e Reformistas no Parlamento Europeu, Martin Callanan:

Greece has bought itself only a little more time
20.06.12 (EUobserver)

The Greek people bought themselves a bit more time at the weekend. However, I fear that we are still kicking the now infamous can a little further down the road.

Given the current situation, it is still my opinion that it would be in the best interests of Greece, the euro zone, and national democracy if Greece were to leave the euro in as orderly a fashion as possible.

Greece continues to stare into the abyss. The last bailout was based on such optimistic projections that a third bailout will eventually become a distinct possibility given the worsening growth figures.

We cannot go on with policies that seek to buy a bit more time and prolong the inevitable. The tough decisions are going to have to be made. They can be made today, or they can be made further down the line. But the longer we wait, the worse the political, social and democratic consequences of this crisis will become.

E, como complemento, não deixem de ler também o diplomata, banqueiro e executivo (e  comentador de economia em 6  cadeias televisivas), Edward Harrison:

The euro zone is one giant vendor financing scheme
4 November 2011 (Credit Writedowns)

In a fixed exchange rate environment like the euro area, you don’t have currency fluctuation issues. So persistent current account imbalances as we see within the euro zone are really a form of vendor financing. …

Vendor financing works successfully as long as the lender makes sure the customer can pay back the loans. …

The lurid Telegraph story about German-made Porsches bought in Greece shows you an extreme example of how this works. The reality is you can’t have Germany and Spain both running current account surpluses with each other at the same time. Unless the euro zone as a whole runs a current account surplus as large as Germany and the Netherlands, then you are automatically going to have a sort of vendor financing relationship going.

The most important is that Germany’s or the Netherlands’ current account surplus matched current account deficits in Spain, Portugal, and Greece. That’s how it works. You sell more to me than I do to you and I get more cash than you do. There are always two sides to every transaction (chart from the FT below).


The large euro-area internal current account imbalances should be seen as a form of vendor financing, whereby the creditors, principally Germany, forward their customers, the debtors, trade finance in order to sell their wares.

*e nos bolsos de muitos e espertos empreiteiros, autarcas, oportunos empresários, seus familiares, amigalhaços, compadres e companheiros de… variadíssimas coisas.

O Polvo, digo, Paul, digo, Pinto da Costa vaticina Portugal campeão da Europa.

EUROPEU DE 2012
Pinto da Costa esperançado que Portugal vai ser campeão
21-06-2012, DN Desporto

E assim de repente, não mais que de repente, surgem e ficam suspensas a pairar no imaginário popular algumas questões capciosas:  Saberá alguma coisa que os outros não sabem? Terá feito alguns telefonemas concludentes? Levará a fruta de cá ou irá abastecer-se por lá no mercado local?

Once to every man and nation,

comes the moment to decide…
(Para cada homem ou nação chega o momento em que deve escolher…)


Though the cause of evil prosper, yet the truth alone is strong;
Though her portion be the scaffold, and upon the throne be wrong;
Yet that scaffold sways the future, and behind the dim unknown,
Standeth God within the shadow, keeping watch above His own.
(complete lyrics and info about the hymn)

Mamma mia, è la fine della linea per la nostra economia!

El primer ministro italiano Mario Monti descartó el martes 12 de junio de 2012, en declaraciones a la radio pública alemana ARD, que Italia necesitará un rescate financiero. …
(Mauro Scrobogna, Lapresse/Italy hit by market fears of contagion from Spain, Associated Press, June 13, 2012, MTstandard)

Tradução para inglês técnico (com desenho) :

Love is the answer.

Dedicated to J. and J.  / Dedicada à J. e ao J. (a J. tem razão quando diz que o inglês is a lesser language: olha a falta que fazem aqui os artigos definidos afectados pelo género 😉 )

« … Não fostes vós que me escolhestes; fui Eu que vos escolhi a vós e vos destinei a ir e a dar fruto, e fruto que permaneça; e assim, tudo o que pedirdes ao Pai em meu nome Ele vo-lo concederá. É isto o que vos mando: que vos ameis uns aos outros.»
João 15, 16-17 (and in English, New Living Translation version)

Eu nunca vi pátria assim, …


A equipa portuguesa não abdica de uma vitória frente à Alemanha. Paulo Bento considera que o futebol “é uma das poucas atividades” onde Portugal pode competir com a Alemanha, acrescentando que “vamos tentar jogar olhos nos olhos com uma grande seleção. …

(Seleção Portuguesa está a poucas horas de defrontar a Alemanha, 09/06/2012, por Filipe Valente, Tecnologia)


«Partimos de Lisboa uns, outros do Porto, via Madrid, depois Milão, Cracóvia e, finalmente Lviv. Saímos na quinta-feira, às duas da tarde, e aqui estamos hoje para assistir a mais uma vitória de Portugal, claro», …

(Portugueses “madrugadores” certos do triunfo frente à Alemanha, 09 de junho de 2012, Por SAPO Desporto c/Lusa)

Foi uma das expressões que mais vezes saíram da boca de Cristiano Ronaldo na antevisão do jogo de estreia no Euro 2012: “Eu acredito”. O capitão da selecção acredita que Portugal vai ganhar à Alemanha

(Cristiano Ronaldo e o jogo com a Alemanha: “Eu acredito”, 08.06.2012, Por Nuno Sousa, em Lviv, Público-Desporto)

… pequena e com tantos peitos.

A vingança vai ser terrível! Os alemães vão ser esmagados e a Merkel vai ver o que acontece a quem se mete com a gente! A Europa nunca mais vai ser a mesma depois deste jogo. E, desde já fica aqui proposta a condecoração do capitão da selecção nacional com a Ordem do Mérito.

The prayer.

An encouragement to the keepers of Grace; I don’t really know what happened last week, but I do know it was not easy for them to keep Grace(fulness).

Lyrics (complete and explained for the duet)

Fiscocracia à portuguesa* e os salteadores da farda pedida.

 

 

Fisco vai cobrar dívidas em Operações Stop

 

 

Ainda há por aí algum imbecil com ideias de apelidar esta gente de liberais?

Quanto tempo faltará para que nos entrem novamente casa adentro a horas mortas?

Nota: Como (quase) sempre nos postais deste blogue, as imagens também têm linques para textos a propósito.

*Uma síntese entre a cleptocracia e a plutocracia.

Notícias citadas nos postais lincados (não vão perder-se, por qualquer razão):
Como o fisco vai utilizar as operações stop para cobrar dívidas
05/06/2012, Dinheiro Vivo
Estado injecta 4,3 mil milhões no BCP e BPI e nomeia gestores
Maria Teixeira Alves, 05/06/12, Económino