There Is A Day

(and that day has begun)

… o seu rosto era como o Sol resplandecente com toda a sua força.
Ao vê-lo, caí como morto, a seus pés. Mas Ele colocou a mão direita sobre mim, dizendo: «Não tenhas medo!
Eu sou o Primeiro e o Último; aquele que vive.
Estive morto; mas, como vês, estou vivo pelos séculos dos séculos e tenho as chaves da Morte e do Abismo!
Apocalipse 1:16-18 [Revelation 1:16-18]

4 responses to “There Is A Day

  1. E eu sou abstémio, mas essa minha opção nunca impediu as uvas de crescerem e serem transformadas em vinho.

  2. Eu sou ateu e considero que nenhum Deus infinitamente bom, criador de todas as coisas e todo poderoso, criasse um Universo com tanto sofrimento.

    Se Cristo voltasse à Terra, quem o crucificava era eu….

  3. Que aborrecimento Deus não se ter lembrado de criar 1.º o Diogo para depois se aconselhar consigo quanto à forma de fazer o Universo…
    Quando Cristo voltar, porque a questão não é se volta mas quando volta, o Diogo não se esqueça de me avisar para eu ir vê-lo cumprir a sua ameaça sobre Ele – isto no caso de estarmos ambos vivos, claro, porque de outro modo não estou a ver como possa ser.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s