Desmentir o óbvio: prática corrente dos homens do regime.

festa com máscara de porcoTalvez conheçam já aquela anedota do cigano, que ia todo lampeiro com um leitão às costas quando foi mandado parar por um guarda republicano. O guarda dá-lhe ordem de prisão por furto do porco, mas o cigano responde indignado que não roubou porco nenhum. O guarda aponta-lhe, então, o bicho que traz às costas, mas o cigano não desarma e responde: Aaaiii! Senhor guarda, é mentira, é mentira. Xu, vai-te embora, miserável animal, que te puseste aí só para me comprometeres.

A questão a que não pode fugir-se – porque vemos ouvimos e lemos, não podemos ignorar – é a seguinte: – Até quando vão os portugueses tolerar isto, em face da evidência?

Limitação de responsabilidade (Disclaimer): A anedota é escrita aqui tal como é usualmente contada, utilizando as personagens do cigano e do guarda republicano. Desde já se declara que não se pretende com isso, de forma alguma, ofender ou lançar quaisquer suspeitas sobre a honestidade de nenhuma pessoa da referida etnia.

Curiosidade: Como Prender Porcos Selvagens, publicado por Morgana em 10-9-2010 no seu blogue pessoal.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s