Faz hoje 255 anos,

– seriam umas 9 e meia da manhã – que Lisboa foi assolada por um fortíssimo terramoto, o qual terá causado para cima de 10 mil mortos.

Terramoto de lisboa em 1755No ano seguinte, neste mesmo dia 1 de Novembro, a população de Lisboa iniciaria – dizem muitos historiadores que de modo espontâneo – a tradição de pedir “Pão por Deus”, para minorar a paupérrima situação em que haviam ficado os mais pobres na sequência do terrível sismo, em especial as crianças órfãs.

Esta tradição alargou-se a todo o país e até meados do séc. XX continuou a servir, em muitos casos, para minorar as necessidades de gente mais pobre. Nos anos 80, contudo, os portugueses foram abandonando este uso humilde e trocaram-no pelo novo-riquismo consumista do anglo-saxónico halloween, no que foram muito “ajudados” (“levados”) pela campanha que os comerciantes promoveram, apoiada por uma comunicação social ignorante e pretensiosa.

Nesta década de 80, dos 1 º e 2º governos cavaquistas, da entrada na CEE (agora UE) e da respectiva subsidiação, os portugueses, vaidosos, convenceram-se que eram uma nação de jovens, ricos e cheios de sucesso. Hoje, descobriram que Portugal é um país de velhos, pobre e muito mal sucedido. Um dia haverão de descobrir, também, – não por si mesmos, mas porque alguém “importante” lhes dirá – que perderam uma parte da sua memória colectiva, do seu património cultural e da sua capacidade de sobrevivência, ao negarem a tradição do peditório de “Pão por Deus” neste dia de Todos-os Santos.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s