A lógica da incompetência.

1.º As empresas públicas portuguesas estão sobre-endividadas e são incapazes de gerar receita para pagar a dívida. Como pode ver-se aqui, por exemplo:

As empresas públicas adstritas à Direcção-Geral do Tesouro apresentavam, com referência a 2009, um endividamento de 25 mil milhões de euros, cerca de 15% do PIB. Durante o ano, a dívida cresceu 13%. … (ler mais)

2.ª O défice do Estado português voltou a aumentar – mais 4% relativamente ao mesmo período do ano passado – em contraciclo com os outros 4 países do sul da Europa. Tal como pode ler-se nesta notícia:

… Em Portugal, o défice do subsector Estado aumentou cerca de 4% face aos primeiros sete meses de 2009, ano em que a administração pública acumulou o maior défice em 35 anos. … (ler tudo)

3.º As dificuldades do Estado português para se financiar através da emissão e venda de dívida pública aumentam, mesmo com taxas de juro cada vez mais elevadas. Conforme é claramente explicitado aqui:

25.08 – o Instituto de Gestão e Crédito Público efectuou dois leilões de Dívida Pública. …
Obrigações do Tesouro (4,2%) a 6 anos — 750 a 1.250 milhões €
A procura foi de 1.344 milhões € é certo mas o resultado é que, o IGCP, só colocou 629 milhões €. A uma taxa média de 4,371% quer dizer, 4,1% acima da “proposta”. …
Obrigações do Tesouro (4,8%) a 10 anos — 750 a 1.250 milhões €
A procura foi de 1.177 mas, o IGCP, apenas colocou 672 milhões € a uma taxa média de 5,312% quer dizer, a uma taxa superior à “proposta” em 9,63%. …
(ler completo)

Em face desta situação, o que faz este governo? Toma medidas de contenção da despesa? Racionaliza a gestão da coisa pública? Nada disso. Muito pelo contrário, como reporta a seguinte notícia:

Ordem para gastar: governo autoriza endividamento de empresas públicas
Publicado em 01 de Setembro de 2010, no jornal i
Governo já autorizou excepções na Edia, Águas de Portugal. Na Estradas de Portugal a dívida deve disparar mais de 30% este ano. O PEC fixava um tecto anual de 7% …

Para quem tem dificuldades em entender a subvertida lógica subjacente a estas opções, recomenda-se a leitura do livro de Rob Livro: Incompetence, R. Grant - capaGrant intitulado Incompetence, sumariamente descrito assim na Wikipedia:

Incompetence is a dystopian comedy novel by Red Dwarf co-creator Rob Grant, first published in 2003 with the tag line “Bad is the new Good”. It is a murder mystery and political thriller set in a near-future federal Europe where no-one can be “prejudiced from employment for reason of age, race, creed or incompitence [sic]”. Consequently, much of the population demonstrates an extreme lack of competence in their occupations. …

Uma vez mais, este governo coloca (dando o exemplo) Portugal bem à frente na senda da antecipação do futuro próximo de uma Europa Federal onde a “incompitência” não pode ser causa de discriminação no emprego. Uma inestimável demonstração prática de suporte ao programa “educacional” Novas Oportunidades (e das licenciaturas ao domingo).

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s