Como fabricar nitroglicerina social.

(método “socratialista”)

1. Ingredientes:
Juntar o maior número possível de pessoas sem ocupação laboral.

Para atingir este objectivo o mais rapidamente possível deve proceder-se da forma seguinte:

a) Tornar o mais difícil possível a entrada na vida activa aos que querem começar a trabalhar, de preferência insistindo até que eles desistam para que não venham, eventualmente, a ganhar o hábito.

Desempregados e deprimidos: jovens fogem em massa do mercado laboral
por Luís Reis Ribeiro, publicado em 18 de Agosto de 2010 no jornal i
Desemprego estabilizou em 10,6% porque o mercado de trabalho tem cada vez menos gente. Jovens, sobretudo.

b) Dificultar ao máximo a vida dos que, teimosamente ainda, insistem em trabalhar, usando para isso todos os métodos dissuasores à disposição da administração pública.*

Governo deixa de cobrar dívidas a falsos recibos verdes
Medida será aplicada com duas condições: contribuintes têm de prestar uma garantia sobre valores em dívida e interpor uma acção para provar que são trabalhadores por conta de outrem.
Por: Redacção / VC  |  11- 08- 2010 no Agência Financeira

2. Preparação:
Misturar os ingredientes no menor espaço possível (de preferência em meio urbano denso) e ir diminuindo sucessivamente todas as prestações de apoio social que existam ainda.

O processo completo compõe-se das seguintes acções:

a) Eliminar, administrativamente, milhares de desempregados dos ficheiros dos Centros de Emprego todos os meses (sem divulgar as razões).

Gráfico: Desempregados eliminados das listas do INE - Janeiro a Junho de 2010

b) Diminuir o número de desempregados que recebem subsídio de desemprego e ir obrigando os que ainda têm direito a recebê-lo a aceitar a passagem sucessiva para prestações de valor cada vez mais baixo com nomes cada vez mais compridos.**

Gráfico: Desempregados inscritos sem subsídio - Janeiro a Junho de 2010

Nota: clique nas imagens para aceder a sua fonte.

Quando a mistura começar a dar sinais claros de instabilidade, juntar algumas doses de repressão policial e afastar-se o mais possível fingindo que se não tem nada que ver com aquilo.

*Para tal, é indispensável produzir legislação que iniba quaisquer direitos para quem trabalha, aumente ao máximo as obrigações e encargos, e que simultaneamente imponha a “discricionariedade imprópria” em matéria fiscal (em especial a chamada “liberdade probatória“).

**Subsidio social de desemprego: 322,51€; Subsidio social de desemprego subsequente: 343,14€; Prolongamento do subsidio social de desemprego: 299,21€.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s