Os incêndios, o desemprego e a criminosa inoperância governativa.

Bombeiros 2010Esta notícia ilustra bem o verdadeiro estado de calamidade pública provocada pelos fogos florestais neste início de Agosto de 2010 em Portugal:

As estatísticas da ANPC [Autoridade Nacional de Protecção Civil] referem que entre 1 e 6 de Agosto foram registados 2158 incêndios. O dia de ontem [6-Agosto] foi o que registou o maior número de fogos na última semana: 433. …
(Mais de 2000 incêndios nos últimos seis dias em Portugal continental, 07.08.2010, Lusa/Público)

Quem deve ser responsabilizado? O governo, pela sua criminosa inoperância, conforme pode deduzir-se destoutra notícia:

Ainda não há desempregados a vigiar ou reflorestar as matas portuguesas. A medida, anunciada a 26 de Junho pelo Governo, ainda não saiu do papel, apesar de estarmos a meio da fase mais crítica de incêndios. …
(Desempregados ainda não estão a vigiar florestas contra incêndios, 06/08/2010, Marisa Soares, Público)

Não haverá um causídico que esteja disposto a representar o colectivo dos lesados – em especial as famílias dos bombeiros mortos – contra o Estado negligente?

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s