Trinta e uns genuínos e outros.

Trinta e umFeitas as contas, todos estes aumentos de impostos mal chegam para pagar o Pinhal Interior a Jorge Coelho. (…)
sem tenda nem foguetório no sítio do costume, por Carlos Lopes

O estado de Portugal tem um responsável: José Sócrates. Governou nos últimos cinco anos de forma irresponsável e demagógica. Sempre com base em programas eleitorais falsos e enganadores, levou o país à ruína. (…)
Accountability, por Nuno Gouveia

As justificações de José Sócrates e de Pedro Passos Coelho, o primeiro dizendo que o mundo mudou nos últimos quinze dias e o segundo pedindo desculpa pelo bloco central, a fim de, em simultâneo, atirarem com os respectivos planos eleitoriais para o caixote do lixo são uma anedota. E representam o pior deste sistema de democracia representativa em que aos representantes é permitido dizer-se e desdizer-se, sem o mínimo pingo de vergonha nem a mínima consequência política, a bem de um alegado interesse superior da Nação. Minha gente, isto não é democracia. É uma outra coisa qualquer… (…)
democracia falida, por Ricardo Arroja no PC

Há um ano, dois alargados grupos dos vulgarmente chamados “Grandes Economistas”, um de 28  e outro de 51 professores e doutores, a maioria professores doutores, publicaram manifestos a favor da política de aumento do investimento público para fazer crescer a economia.
(…)
Pois deviam ser esses professores, doutores e professores doutores a arcar com o aumento de impostos. (…)

Crime sem castigo, por Pinho Cardão no 4R

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s