Minha mãe.

Quando a minha alma estende o olhar ansioso
por esse mundo a que inda não pertenço,
das vagas ondas desse mar imenso
destaca-se-me um vulto mais formoso.
.

É minha santa mãe, berço mimoso
donde na minha infância andei suspenso;
é minha santa mãe, que vejo, e penso
verei sempre, se Deus é piedoso.

Como línguas de fogo que se atraem,
avidamente os braços despedimos
um para o outro, mas os braços caem…

porque é então que olhamos e medimos
a imensa distância donde saem
os ais da saudade que sentimos!

João de Deus

I miss you mommy

2 responses to “Minha mãe.

  1. Que bela homenagem!

  2. O meu pobre Kao morreu há um mês e meio e jamais conseguirei superar. Que irreparável perda, o meu melhor amigo!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s