Portugal definitivamente apanhado na espiral do sobreendividamento.

Acalmar o mercadoO Estado português emite mais dívida, cada vez mais cara, para suportar as obrigações resultantes da dívida acumulada anterior.

.

É o que diz, de facto, a notícia seguinte – embora possa não parecer aos menos atentos:

O Instituto de Gestão do Crédito colocou esta manhã uma emissão de mil milhões de euros em obrigações do tesouro a cinco anos. Os títulos irão pagar um juro de 3,498%, bem acima dos 2,759% da emissão similar realizada em Novembro.

A diferença de quase 75 pontos base reflecte o aumento da pressão dos investidores sobre a dívida portuguesa e a situação das contas pública nacionais,

Esta é a segunda emissão de obrigações em duas semanas, um “timing” que procura aproveitar uma relativa maior acalmia nos mercados,

A emissão de hoje é a terceira de 2010, depois da colocação de 3.000 milhões numa nova obrigação a dez anos a 10 de Fevereiro.

Alberto Soares reconheceu ontem que a situação no mercado “é exigente” e que, por isso, é necessário “estar atento às janelas de oportunidade que se abram no mercado”.

o maior receio, de acordo com uma análise recente do Morgan Stanley, é de que algum problema de liquidez pontual leve o País a falhar os pagamentos num momento específico.

o mês mais crítico será Maio, altura em que Portugal terá de se refinanciar em 4 mil milhões de dólares para pagar juros e obrigações que maturam, isto numa altura em que também outros países estarão no mercado.

(Portugal paga juro de 3,5% na emissão de mil milhões em obrigações, Nuno  Carregueiro, 24 Fevereiro 2010, Jornal de Negócios)

 

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s