O calendário gregoriano, os mercados e a persistência nos erros.

Não obstante os abundantes esclarecimentos sobre a inexistência de um ano zero no calendário gregoriano e o consequente início de novos séculos, milénios ou décadas nos anos com números terminados em um (ao início do século 1 atribuiu-se o ano 1, logo o início do século 21 teve forçosamente início no ano 2001), os jornalistas não terão aprendido nada e voltam a declarar o início da segunda década deste novo século neste ano de 2010.

O primeiro ano da segunda década deste século NÃO É 2010, será 2011.

Infelizmente, a persistência no erro (que transforma a ignorância em estupidez) não é exclusiva dos jornalistas:

FED defende mais regulação para proteger sistema financeiro
Economia
04/01/10, 07:55
OJE/Lusa

Bolha especulativa - ilustração

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s