A sexualidade pervertida e o ‘casamento homosexual’.

For the Love of GodOs sexólogos do início do século xx estudarão a sexualidade pervertida do homem como se ela fosse um dom natural. (…) Falarão dos homossexuais como de um terceiro sexo. Interessar-se-ão, até a exaustão, por falos e camisas-de-vénus e técnicas indianas de amor. Darão conselhos ao ignorante e ao impotente sobre a maneira de conseguir «sucesso» (atenção ao termo «sucesso») no «desempenho» (atenção ao termo «desempenho») do acto sexual. Ensinarão «técnicas» de amor (atenção ao termo «técnicas»); como brincar com os órgãos dos outros, como excitar-se reciprocamente, o que fazer e o que não fazer, que posições adoptar no acto sexual. …

Os políticos aproveitarão a ocasião que se oferece para prometer às «massas» a «liberdade do amor». Eles pouco saberão acerca do amor, como funciona, o que lhe aconteceu no passado; banirão das suas tribunas toda a investigação sobre as leis do corpo, quando o imenso impacte desse problema ameaçar sufocar o clamor da sua propaganda económica. …”

REICH, Wilhelm, O Assassinato de Cristo, ed. Martins Fontes, S. Paulo, 1999, pg.s 135/36

 

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s